My childhood got used to the disconcerting rhythm of cutting and printing machines, the different textures of paper and the intense smell of paints and varnishes. The family print shop, where I was pampered with notebooks and personalized postcards, is part of the first pages of this coloring book I call life. Here I learned the importance of having my own identity and my curiosity for the creative process that preceded this offset train that gave physical body to the pieces I saw on the computer flourished. So, when it came time to choose a path, I had no doubts that visual communication would be what would make me smile.

 Throughout my academic and professional career, the multidisciplinary power of design has become evident and I believe in its essential role for the harmony of our lives in the most varied areas. That power is also in what makes us beings with individual expression and in this way, I cannot fail to mention fashion as a personal interest influenced by growing up with a dressmaker and the days spent in her sewing atelier where the soundtrack was divided between the fado coming through the window and the lilting sound of Singer.

 However, I am happy when I write, when I listen to music, when I go out with the camera, when I have my inline skates on, when I smell freshly printed books, when I see A Viagem de Chihiro, by Hayao Miyazaki.
​​​​​​​
A minha infância acostumou-se ao ritmo desconcertante das máquinas de corte e impressão, às diferentes texturas do papel e ao cheiro intenso das tintas e vernizes. A gráfica familiar, onde fui acarinhada com cadernos e postais personalizados, faz parte das primeiras páginas deste livro de colorir ao qual chamo de vida. Aqui aprendi a importância de uma identidade própria e floresceu a curiosidade pelo processo criativo anterior a este comboio offset que dava corpo físico às peças que via no computador. Assim, quando chegou a altura de escolher um caminho, não tive dúvidas que a comunicação visual seria o que me faria sorrir.

Ao longo do meu percurso académico e profissional, o poder multidisciplinar do design foi-se tornando algo evidente e acredito no seu papel essencial para a harmonia das nossas vidas nas mais variadas áreas. Esse poder está também naquilo que nos torna seres com expressão individual e desta forma, não posso deixar de referir a moda como um interesse pessoal influenciado pelo crescimento ao lado de uma modista e aos dias passados no seu atelier de costura onde a banda sonora era dividida entre o fado que entrava pela janela e o som cadenciado da Singer.

No entretanto, sou feliz quando escrevo, quando oiço música, quando saio com a máquina fotográfica, quando tenho os meus patins em linha calçados, quando cheiro livros acabados de imprimir, quando vejo A Viagem de Chihiro, de Hayao Miyazaki. 
what I do:

 Graphic Design
 Visual Identity
 Editorial Design
 Packaging
 Art Direction
brands I worked with:

 Manifesto
 Galp Energia
 Turismo de Lisboa
 Ikea
 Bayer
 Sage
 Time Out Lisboa
 Aptoide


Back to Top